• Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Contactos: Telefone: 219442067 / 916160489 / 965168166 eMail: paroquiademoscavide@gmail.com © 2013 Pároco: José Fernando da Silva Ferreira

Catequese

Catequistas Coordenadoras:

​​Ana Dulce Pereira

Filomena Capelo

Odete Marçal

Patrícia Guedes

Catequistas:

​​Adélcia Vaz

Aleida Brito

Ana Renda

Anabela Afonso

Andreia Guedes

Céu Correia

Filomena Santos

Gonçalo Guerreiro

Joaquina Gonçalves

José Ribeiro

Luísa Caravela

Margarida Domingues

Maria Correia

Olga Santos

Rita Santos

Sílvia Barata

Sílvia Ribeiro

Susana Fernandes

Teresa Monteiro

Teresa Oliveira

Vanessa Matias

Objetivos



 A Catequese é um percurso de dez anos (acompanhados por 10 catecismos), agrupados em 4 etapas. No fim de cada etapa há uma festa “maior”, sendo o final de cada catecismo marcado por uma festa própria ​

A cada uma destas etapas corresponde um objectivo que no seu conjunto compõem a caminhada de Fé e na Fé de cada uma destas crianças que entram “crianças” e “saem” adolescentes, cada vez mais conscientes e empenhados na Comunidade.


Assim, e tal como preconizam os Guias dos nossos catecismos, com a 1ª etapa, pretende-se que a criança descubra e se insira progressivamente na Comunidade a que pertence. Na 2ª, faz-se uma primeira síntese da fé cristã. Na 3ª, e já adolescente, faz-se a descoberta de Jesus Cristo como Amigo e a grande referência para o sentido da vida e a resolução das grandes questões existenciais. E, chegados à 4ª etapa, os adolescentes consolidam a consciência do seu compromisso comunitário e eclesial, para além de fazerem uma nova síntese da fé, “agora no horizonte adolescente e juvenil”.

​Principais Atividades

Na Catequese, não podemos falar propriamente de actividades, sobretudo no sentido que esta palavra, geralmente tem -actividades de ocupação do tempo livre-. Pretendemos que as nossas “actividades” levem as nossas crianças e adolescentes a descobrir e valorizar o sabor do SERVIÇO. É por isso que, em Igreja, e, logicamente, na Catequese, o importante é aliar ACÇÃO e ORAÇÃO, pois uma sem a outra não faz sentido. Fazendo nossas as palavras do nosso Papa, a nossa acção sem oração transforma a Igreja numa “ONG (Organização Não Governamental) piedosa”.



Então, neste sentido de ligação acção-oração-vida, fazemos algumas acções, como por exemplo:
 

• um retiro antes de qualquer uma das Festas a que queremos dar mais realce: Primeira Comunhão, Profissão de Fé, Crisma;
 

• participação na Peregrinação Paroquial a Fátima;
 

• reuniões de Pais de modo a fortalecer a ligação Catequese-Família;
 

• participação nas várias procissões paroquiais.